segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

inté pró ANO pessoal! 1 BONISSÍMO 2008!


sempre:
algarvepressNEWS!!


Atenção... Novos prazos para a carta de condução!



Novos prazos para a carta de condução...

Regras entram em vigor dia 1 de Janeiro

Os novos prazos para a renovação da carta de condução entram em vigor já a partir de amanhã, 1 de Janeiro.
As novas regras obrigam as pessoas que em 2008 completam 50 ou 60 anos a renovar o título, independentemente da data de validade do documento.

A primeira renovação da carta fazia-se até agora aos 65 anos. A partir de 1 de Janeiro de 2008 passa a acontecer 15 anos mais cedo, tendo sido introduzida a obrigatoriedade de uma segunda renovação.
Um dos aspectos que se mantém é o da revalidação da carta aos 65 e aos 70 anos e, a partir daí, sempre de dois em dois anos. Os documentos e atestado médico para revalidação devem ser entregues até seis meses antes da data limite, nas delegações regionais do Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres.

BOM NOVO ANO!


Faro recebe 2008 em FESTA!

FARO RECEBE 2008 EM FESTA

Faro despede-se de 2007 ao som dos EZ Special, uma das revelações da música nacional dos últimos anos. O concerto terá início às 22H00 do dia 31 de Dezembro, numa tenda instalada para o efeito no Largo de São Francisco, na qual a festa da Passagem de Ano continuará com muita animação pela noite dentro.

À meia-noite será apresentado um magnífico espectáculo piromusical, sincronizando de forma harmoniosa fogo-de-artifício e música, para dar as boas vindas a 2008. A festa prosseguirá com a actuação do conhecido DJ D'Jay Rich, uma das principais figuras da rádio portuguesa como coordenador musical da RFM e DJ há já 20 anos.

A festa da passagem de ano da capital algarvia, com entrada livre, é iniciativa do Município de Faro, organizada pela Ambifaro, e pretende este ano atrair o público mais jovem, bem como as famílias, através de uma oferta musical de qualidade que promete fechar com chave de ouro o ano de 2007 e dar as boas vindas em festa a 2008.

Esperamos por si nesta grande festa de música, animação, cor e magia!

ASAE vai verificar se os espaços têm avisos!

ASAE vai ver se espaços têm avisos e boa ventilação

Os fumadores vão ter de deixar o cigarro à porta na maioria dos espaços fechados, como os restaurantes, a partir de amanhã. Isto porque a lei assim o exige e os empresários optaram por não criar áreas de fumadores até ver como a lei será aplicada. É que não há sistemas de ventilação 100% eficazes para eliminar o fumo de tabaco e a instalação dos que existem no mercado custa três mil a quatro mil euros, no mínimo.

Mas podem ficar tranquilos que a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) não vai medir o ar ou declarar guerra ao tabaco. Só vai fiscalizar a sinalização, a ventilação e o sistema de extracção do ar."A medição dos poluentes não têm a ver com o decreto-lei do tabaco, aliás seria desnecessário nesta primeira fase. Vamos fiscalizar o que está na lei e que tem apenas a ver com os três requisitos exigidos nas áreas para fumadores.

A legislação é para ser aplicada e não haverá grandes problemas, como aconteceu em outros países", disse ao DN Francisco Lopes, subinspector-geral da ASAE.A visão dos responsáveis da ASAE é mais flexível do que a do director-geral de Saúde, Francisco George, e vai de encontro às preocupações de quem tem negócios nas áreas abrangidas pela proibição.

Um estudo interpretativo da nova lei, da responsabilidade da Direcção-Geral da Saúde (DGS), refere um parecer da Organização Mundial de Saúde a dizer que não há sistemas de ventilação "suficientemente eficazes para eliminar totalmente a exposição" ao fumo. Isto indica que a única opção é mesmo edificar uma parede entre a área de fumadores e a de não fumadores.

Os empresários ficaram sem saber o que fazer. E, mesmo a Associação de Restauração e Similares de Portugal (ARESP), que se propôs realizar estudos sobre os sistemas de ventilação comercializados em Portugal, desistiu."Ainda não foi possível identificar quais serão os melhores equipamentos para satisfazer as exigências do senhor director-geral de Saúde.

O problema é que a lei não prevê a certificação desses equipamentos. Para se fazer o que o senhor director-geral pretende, tem de se alterar a própria lei. Porque esta é clara: tem de haver um sistema de extracção do ar para o exterior e mais nada", argumenta Mário Pereira Gonçalves, presidente da ARESP.As dúvidas sobre a aplicação das novas regras levaram a que grande parte dos estabelecimentos públicos fechados tenham, a partir de amanhã, um dístico vermelho nas portas com a inscrição: "Não fumadores."

Quando verificarem que é suficiente um sistema de ventilação com extracção do ar para o exterior, é natural que criem espaços para fumadores, sobretudo se estiverem a perder clientes.Isto porque as competências da implementação e fiscalização estão sob a alçada da ASAE e da Direcção-Geral do Consumidor (DGC), que têm uma visão menos restritiva da lei.

"Nenhum sistema de exaustão de fumos consegue extrair todo o ar, mas se retirar um volume de fumo significativo já é muito bom. Além de que a ASAE não tem de se preocupar com isso", sublinha Francisco Lopes. E acrescenta que não está prevista nenhuma operação de fiscalização antitabaco, mas que as novas regras passarão a ser incorporadas no âmbito das acções de rotina.

sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

Algarve - Fim-de-ANO!


OLHÃO SAUDA 2008 COM GRANDES CONCERTOS

A primeira noite de 2008 tem lugar marcado na Igreja Matriz de Olhão. Os sons inconfundíveis da Orquestra do Algarve aquecem e iluminam o mais emblemático monumento da cidade.

Promovido pela Câmara Municipal, este concerto transformou-se numa tradição incontornável que marca a chegada do Novo Ano e surge integrado no programa Oficial «Olhão 200 anos 1808-2008».

É o primeiro evento a ter lugar em Olhão quando o novo ano se estreia. Olhanenses, turistas e visitantes do concelho fazem questão de não perder o Concerto de Ano Novo, que obrigatoriamente tem lugar na Igreja Matriz de Olhão.

A Orquestra do Algarve tem sido a responsável pelos espectáculos dos últimos anos, atraindo muitas centenas de populares que enchem completamente a nave da Igreja. Este ano, o Concerto de Ano Novo é o primeiro evento do programa oficial das comemorações do aniversário do concelho «Olhão 200 anos 1808-2008».

Este ano, a orquestra da região vai novamente mostrar a excelência da sua interpretação, dirigida pelo Maestro Césario Costa e tendo como solista o barítono Rui Baeta. No entanto, o currículo impressionante dos 31 músicos que compõem o núcleo da orquestra é a garantia de qualidade deste grandioso Concerto de Ano Novo.

O programa proposto pela Orquestra representa uma autêntica viagem pela história da música erudita, desde o século XVI até ao Século XIX passando por nomes como J.S Bach, Francesco Manfredini, Franz Gruber, G.F. Hendel, entre outros.

O espectáculo tem início às 21h30, com entrada totalmente gratuita.

A última noite de 2007 será igualmente memorável em Olhão. A autarquia olhanense convida a assistir a um espectáculo invulgar de Fogo de Artificio sobre as águas da Ria Formosa, ao bater da meia-noite.
Este é o lugar certo para celebrar a chegada de 2008, uma vez que o último foguete lançado assinala o arranque do megaconcerto do Grupo Canta bahía. Radicados em Portugal há já alguns anos, os Canta Bahia são uma das grandes revelações da música dos últimos tempos. Alguns dos hits mais conhecidos desta banda vão certamente incendiar a noite e fazer com que Olhão entre com o pé direito neste novo ano.


RÁDIO COMERCIAL TRANSMITE FIM DE ANO EM ALBUFEIRA

A Câmara Municipal de Albufeira tem tudo a postos para que a grande Festa da Passagem de Ano na Praia dos Pescadores e Marina de Albufeira, seja dos maiores e mais bem organizados eventos turísticos que ficará para sempre na sua memória.

Este ano, a passagem de ano em Albufeira conta com 4 noites de espectáculos repartidos pela Marina de Albufeira e Praia dos Pescadores. Mundo Secreto, Da Weasel, Pedro Abrunhosa, David Fonseca e Bob Sinclar são os artistas que fazem parte deste cartaz que está a gerar grande expectativa junto dos agentes económicos, mediáticos e sociais.

A última noite do Ano será transmitida em directo na Rádio Comercial. A partir da Praia dos Pescadores, poderá ouvir os últimos segundos de 2007 e entrar no Ano Novo a assobiar e a dançar com Bob Sinclar, numa transmissão que decorrerá até às 2 da madrugada. José Araújo será o repórter de serviço.

ORGANIZAÇÃO ACONSELHA ZONAS DE ESTACIONAMENTO E OFERECE TRANSPORTE

A autarquia elaborou um plano de trânsito para a última noite do ano, no sentido de facilitar a circulação dos foliões.

Assim, as linhas Verde e Vermelhas do Giro vão funcionar em horário alargado, no dia 31 de Dezembro até às 02h00. A utilização destas linhas será gratuita a partir das 22h00. Haverá também um autocarro gratuito entre as 20h00 e as 02h00 no dia 31, a fazer o circuito dos Parques de Estacionamento gratuitos, Largo da Feira (Mercado dos Caliços), Lidl, Modelo, Vale Faro (Etar) e Terminal Rodoviário, até aos locais dos espectáculos. O comboio turístico funcionará em horário contínuo na noite de 31 de Dezembro.

O trânsito estará condicionado nas principais artérias do centro da cidade, nos dias 29 e 31 de Dezembro, a partir das 21h00. É objectivo da CMA com estas alterações, tornar o trânsito mais disciplinado e proporcionar que as facilidades de estacionamento e de deslocação para o evento de fim ano sejam acrescidas

Portimão - cidade etapa de Lisboa-Dakar 2008!


PORTIMÃO É PELO 3º ANO CIDADE ETAPA DO LISBOA-DAKAR

Caravana do maior rali do mundo chega à cidade dia 5 de Janeiro


As viaturas da mítica prova de todo-o-terreno começam a chegar a Portimão no dia 5 de Janeiro, a partir das 11h00, dirigindo-se para a Zona Ribeirinha de Portimão onde ficarão instaladas em exposição no “parque fechado”, até às 7h30 do dia seguinte, hora em que começam a sair para a Especial Portimão - Portimão.


A Especial Portimão/ Portimão, a ser disputada no dia 6 de Janeiro no Morgado de Arge, vai contar, com um serviço de transporte gratuito exclusivo Dakar, disponibilizado pela Câmara Municipal de Portimão a partir dos parques de estacionamento existentes na cidade, que irá levar todos os amantes da prova directamente às zonas de espectáculo (ZE) montadas no final da especial. Destaque para o facto da autarquia aumentado a capacidade e melhorado as condições desta área, com a criação de uma zona de espectáculo em anfiteatro.

Este serviço vai estar disponível entre as 05h00 e as 10h00 de 6 de Janeiro, e será a único meio de acesso à ZE. O regresso terá lugar a partir das 10h00 ao Largo do Dique, sendo posteriormente assegurada a ligação aos parques de estacionamento.

Este serviço de transporte irá ainda assegurar a ligação dos parques de estacionamento disponíveis à Zona Ribeirinha de Portimão, onde vai estar instalado o parque fechado, no dia 5 até às 05h00, e a Alvor, até à 01h00.

No que diz respeito aos transportes públicos, o Vai e Vem - Circuito Urbano de Portimão - vai ser gratuito nos dias 5 e 6 de Janeiro, com horário de funcionamento prolongado até às 05h00 do dia 6.

Com o objectivo de aproximar a cidade e todos os “visitantes” e proporcionar um momento de maior descontracção e animação na última noite passada em Portugal, Ricardo Azevedo e João Pedro Pais associam-se à festa do Lisboa-Dakar com concertos na Zona Ribeirinha de Portimão, no dia 5 de Janeiro, a partir das 23h00.

Para que o clima da festa se prolongue pela noite fora, a CM de Portimão assegura a ligação entre a Zona Ribeirinha de Portimão e a Praia da Rocha (1h00/5h00) através de autocarros exclusivos grátis.

A não perder em Portimão...


A não perder em Portimão...

DE 4 A 13 DE JANEIRO
O destaque vai para o Solrir, o Lisboa-Dakar e o Concerto de Ano Novo


Celebrações de Fim de Ano - “Saia de 2007 feito num 8”...
Sete dias de Festa em Portimão…

- De 1 a 4 SolRir – 2º Festival de Humor
21h45 – Portimão Arena

Dia 1 Noite Raul Solnado com: Telmo, José Raposo e Joana SolnadoParticipação Especial: Action TeamRevista Boa Esperança “É bicha a dar com um pau”
Dia 2 Ilídio Guerreiro, Carlos Areia e Cristina Areia, Irmãos Catita com Manuel João Vieira
Dia 3 Óscar Branco, Fernando Mendes
Dia 4 João Seabra, Raul Orofino, Nilton e Rafinha Bastos

Bilhetes: € 2,00 à venda em http://www.pavilhaoatlantico.pt/, Lojas Fnac, Agência ABEP, El Corte Inglês, Agência Alvalade, Casa Viola e no Parque de Feiras e Exposições de Portimão (Até 30 de Dezembro: 09h00-12h30/14h00-17h00; 1 de Janeiro a partir das 16h00: 2 a 4 de Janeiro: 10h00-22h00


Dias 5 e 6 Dakar em Portimão
5 de Janeiro
11h00-20h00 – Chegada da Caravana
Percurso: V6 -V3-Zona Ribeirinha de Portimão
23h00 - Ricardo Azevedo e João Pedro PaisZona Ribeirinha de Portimão
Transportes
1h00 às 5h00 - autocarros grátis entre o Largo do Dique e a Praia da Rocha
Vai e Vem – para além de grátis nos dias 5 e 6, na noite de 5 para 6 funciona até às 05h da madrugada.
6 de Janeiro
7h30 - 11h00Zona Ribeirinha de Portimão - saída dos concorrentes para a classificativa
08h00 - 14h00Super Especial Portimão - PortimãoAcesso exclusivo através de autocarros gratuitos colocados em vários parques de estacionamento da cidade.
DAKAR - TRANSPORTES GRÁTIS
5 Janeiro: para a Zona Ribeirinha de Portimão até às 05h para Alvor até à 01h00
6 Janeiro: para a zona de espectáculo entre as 05h e as 10h regresso ao Largo do Dique a partir das 10h

CONCERTO ANO NOVO

Ø Dia 6 Concerto de Ano Novo com Orquestra de Kiev e
21h30 Companhia de Alicia Alonso
Local: Portimão Arena
Bilhetes à venda em http://www.pavilhaoatlantico.pt/, Lojas Fnac, Agência ABEP, El Corte Inglês, Agência Alvalade, Casa Viola e no Parque de Feiras e Exposições de Portimão (Até 30 de Dezembro: 09h00-12h30/14h00-17h00; 1 de Janeiro a partir das 16h00: 2 a 4 de Janeiro: 10h00-22h00).
Plateia 1, Bancadas J e M - € 12,50Plateia 2, Bancadas K, N e H - € 10,00Bancadas B, C, E e F - € 7,50

EXPOSIÇÕES

Ø Até 4 Jan. Exposição “Presépios de Natal”
Mostra de trabalhos elaborados pelas alunas do Curso de Educação e Formação (Tipo 5/11º ano) da Escola Secundária Manuel Teixeira Gomes
Local: EMARP - Empresa Municipal de Águas e Resíduos de Portimão
Horário: Dias úteis – das 08h30 às 17h00


Ø Até 4 Jan. Exposição da Ass. de Dadores de Sangue do Barlavento Algarvio
Local: EMARP - Empresa Municipal de Águas e Resíduos de Portimão
Horário: Dias úteis – das 08h30 às 17h00



Ø De 7 Jan. Exposição de Pintura “O Impressionismo está Vivo”
a 8 Fev. de Henri LALLEMAND
Local: EMARP - Empresa Municipal de Águas e Resíduos de Portimão
Horário: Dias úteis – das 08h30 às 17h00



OUTROS

Ø Natal no Comércio Tradicional de Portimão
Até 6 Jan Alameda da Praça da República

- Portimão sobre o gelo
Horário de funcionamento: Todos os dias 10h00-22h00 (excepto dias 24, 25, 31 Dez. e 1 Jan. 10h00-18h00
- Animação musical
Sociedade Filarmónica Portimonense
5 Jan. – 16h00

Org.: Câmara Municipal de Portimão, ACRAL e ACP



Desporto

Ø Dias 5 e 6 3º Open de Badminton – Prof. Manuel Branco
09h00-20h00 Local: Pavilhão da Escola Sec. Manuel Teixeira Gomes
Org.: Cube Desportivo Manuel Branco Portimão
Apoio: Câmara Municipal de Portimão

Basquetebol

Cadetes masculinos

Ø Dia 12 Portimonense SC x Imortal
15h00 Local: Pavilhão da Escola Sec. Manuel Teixeira Gomes
Org.: Ass. de Basquetebol do Algarve
Apoio: Câmara Municipal de Portimão

Futsal
Infantis

Ø Dia 13 Gejupce x Aleixo Estói
11h00 Local: Pavilhão Gimnodesportivo Municipal
Org.: Ass. de Futebol do Algarve
Apoio: Câmara Municipal de Portimão
Escolas

Ø Dia 13 Gejupce x Boliqueime
09h30 Local: Pavilhão Gimnodesportivo Municipal
Org.: Ass. de Futebol do Algarve
Apoio: Câmara Municipal de Portimão

Iniciados

Ø Dia 5 CF Boavista x Gejupce
17h00 Local: Pavilhão Gimnodesportivo Municipal
Org.: Ass. de Futebol do Algarve
Apoio: Câmara Municipal de Portimão

Ø Dia 12 Gejupce x Sonâmbulos
15h00 Local: Pavilhão Gimnodesportivo Municipal
Org.: Ass. de Futebol do Algarve
Apoio: Câmara Municipal de Portimão

Juvenis

Ø Dia 5 Gejupce x CB Loulé
15h00 Local: Pavilhão Gimnodesportivo Municipal
Org.: Ass. de Futebol do Algarve
Apoio: Câmara Municipal de Portimão


Ø Dia 5 CF Boavista x Olhos D’Água
19h00 Local: Pavilhão Gimnodesportivo Municipal
Org.: Ass. de Futebol do Algarve
Apoio: Câmara Municipal de Portimão


Ø Dia 9 CF Boavista x CB Loulé
21h00 Local: Pavilhão Gimnodesportivo Municipal
Org.: Ass. de Futebol do Algarve
Apoio: Câmara Municipal de Portimão

Juniores

Ø Dia 12 Gejupce x Alte
21h00 Local: Pavilhão Gimnodesportivo Municipal
Org.: Ass. de Futebol do Algarve
Apoio: Câmara Municipal de Portimão

Seniores

Ø Dia 5 Portimonense SC x St.º Estevão
18h00 Local: Pavilhão Escola EB 2/3 Mexilhoeira Grande Org.: Ass. Futebol do Algarve
Apoio: Câmara Municipal de Portimão

1ª Divisão Seniores

Ø Dia 12 Gejupce x ACD Tunes
17h00 Local: Pavilhão Gimnodesportivo Municipal Org.: Ass. de Futebol do Algarve
Apoio: Câmara Municipal de Portimão

XXVII ENCONTRO DE CHAROLAS DA CIDADE DE FARO NO TEATRO DAS FIGURAS


XXVII ENCONTRO DE CHAROLAS DA CIDADE DE FARO NO TEATRO DAS FIGURAS

O Encontro de Charolas da Cidade de Faro, que conta já com 26 edições de sucesso, regressa ao Teatro das Figuras em Janeiro de 2008, no dia 5, pelas 14:00.

As charolas, cuja actuação pública decorre durante os primeiros dias de cada ano, são agrupamentos de homens e mulheres que, acompanhados por instrumentos (acordeão, ferrinhos, saxofone, pandeiretas e castanholas), actuam em festivais de charolas e percorrem as casas dos amigos e os principais estabelecimentos comerciais da sua zona, lançando cantigas e quadras geralmente improvisadas num ambiente de jovialidade e alegria. Uma das figuras mais importantes nos grupos charoleiros é o “começador”, que representa a figura do maestro.

Existem divergências sobre as origens desta cultura popular, mas julga-se ter surgido em 1918, no final da 1.ª Guerra Mundial, para saudar com alegria os conterrâneos que regressavam dos campos devastados de Flandres.

Hoje corresponde a uma das tradições culturais mais significativas do concelho e que a Câmara Municipal de Faro pretende preservar. Neste sentido, a Autarquia convidou para o 27.º Encontro de Charolas 11 grupos, 10 dos quais pertencentes ao Concelho: Charola Juventude União Bordeirense, Charola União Bordeirense e Charola Mocidade União Bordeirense, da Bordeira; Charola da Casa do Povo da Conceição - Conceição de Faro; Charola Ossónoba e Charola Aldeia Branca de Estoi e as Charolas de Santa Bárbara de Nexe: Charola Flor Oriental, Charola Nova Flor, Charola da Malta e Charola Flor de Liz. Neste encontro estará ainda presente um grupo do Concelho de Tavira, a Charola dos Trabalhadores da Câmara Municipal de Tavira.

Um Encontro com muita música, versos e tradição para saudar o ano de 2008.

CHAROLAS DA CIDADE DE FARO SOBEM AO PALCO DO TEATRO MUNICIPAL

No próximo dia 6 de Janeiro, primeiro domingo do novo ano, “manda” a tradição que se realize na cidade de Faro o Encontro de Charolas da Cidade. Em 2007 assinala-se a sua XXVI edição que tem como novidade o facto de se realizar no Teatro Municipal de Faro.

O Encontro tem início pelas 14:30 e só termina às 20:30 após a actuação de doze grupos de charolas.

Charolas presentes e hora de actuação:

Charola da Amizade da Casa do Povo de Santa Catarina da Fonte do Bispo – 14h30;
Charola Juventude União Bordeirense – 15h00;
Charola da Casa do Povo da Conceição – 15h30;
Charola Flor Oriental – 16h00;
Charola Nova Flor – 16h30;
Charola União Bordeirense – 17h00;
Charola Flor da Malta – 17h30;
Charola Mocidade União Bordeirense – 18h00;
Charola Ossónoba de Estoi – 18h30;
Charola Aldeia Branca – 19h00;
Charola dos Cavacos – 19h30;
Charola Flor do Liz – 20h00;

Em Faro, o encontro de charolas é sempre muito participado quer em termos de grupos presentes quer em termos de público.

"Operação Ano Novo" começou às zero horas de hoje


Dois mil militares nas estradas:
"Operação Ano Novo" começou às zero horas de hoje!

A 'Operação Ano Novo' da GNR começou às zero horas de hoje, com dois mil militares nas estradas diariamente até às 24h de 2 de Janeiro, em colaboração com a Protecção Civil e os Bombeiros

«Os meios envolvidos nesta operação serão sensivelmente os mesmos utilizados durante a Operação Natal», disse uma fonte da Guarda Nacional Republicana (GNR).

A 'Operação Ano Novo' empenha diariamente cerca de 2.200 militares, o que corresponde a cerca de 1000 patrulhas, que utilizam 850 viaturas, 800 alcoolímetros e 40 radares, adiantou a mesma fonte.

No entanto, segundo a GNR, em termos operacionais, as preocupações «serão ligeiramente diferentes», uma vez que estarão agora mais «dirigidas às principais vias de acesso aos locais de diversão nocturna, especialmente no Sul» do país.

«A nossa principal preocupação será controlar os excessos de velocidade nessas vias de acesso e, na noite da passagem de ano, a fiscalização incidirá principalmente na condução sob o efeito de álcool», explicou a fonte.

A 'Operação Ano Novo' envolve elementos da Brigada de Trânsito e das Brigadas Territoriais, apoiados pela Brigada Fiscal e pelos Regimentos de Cavalaria e Infantaria daquela força de segurança.

A acção de fiscalização rodoviária contará também com a colaboração da Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) e corporações de Bombeiros.
A ANPC, em colaboração com os corpos de Bombeiros, reforça o dispositivo humano e material, de forma a aumentar a capacidade de resposta dos meios combinados (terrestres e aéreos) de socorro, com um total de 966 bombeiros, apoiados por 252 veículos, integrados em brigadas de resposta imediata, que estarão posicionadas em locais estratégicos.

Este dispositivo inclui dois helicópteros da ANPC com equipas médicas e equipas de recuperadores/salvadores dos bombeiros e estão preparados para missões de busca, salvamento, resgate e evacuação aéro-médica.
Durante a 'Operação Natal 2007', que decorreu entre 21 e 25 de Dezembro, a GNR registou na sua área de jurisdição um total de quinze mortos, menos três do que em igual período do ano passado.

Por sua vez, a Polícia de Segurança Pública (PSP) contabilizou na sua área de actuação, durante os cinco dias da sua operação de Natal, apenas um morto, quando no mesmo período de 2006 registou duas vítimas mortais em consequência de acidentes rodoviários.

O Ministério da Administração Interna, que tutela a GNR, a PSP e a ANPC, decidiu este ano integrar as operações de Natal e Ano Novo numa campanha mais vasta de prevenção e combate à sinistralidade rodoviária, a decorrer desde 25 de Novembro e prolongando-se até 7 de Janeiro de 2008.

Fisco cobra menos 174 milhões no tabaco...


Fisco cobra menos 174 milhões no tabaco!

A receita do imposto de tabaco pode apresentar no final do ano um desvio negativo de cerca de 174 milhões de euros em relação às previsões feitas pelo Governo no Orçamento do Estado para 2007.
A confirmar-se é o segundo ano em que as contas relativas à receita do imposto sobre o tabaco não batem certo com as previsões do Orçamento, seja porque se verifica um recuo no consumo, seja porque há também mais fraude fiscal.
Não há dados sobre as vendas deste ano, mas em 2006 o mercado nacional vendeu menos 10% de tabaco. O Executivo previa, para este ano, uma receita de 1395 milhões de euros, uma subida de 7,3% em relação a 2006 justificada pelo agravamento do imposto específico sobre os cigarros.
Mas, apesar do acréscimo, a performance verificada até ao final de Novembro aponta para uma descida de 6,1% na receita deste imposto.
Se esta quebra se mantiver, em vez de cobrar mais 95 milhões de euros que no ano passado, o Estado deverá ficar com um défice da ordem dos 79 milhões de euros em relação a 2006. Contas feitas, a derrapagem na receita prevista pode chegar aos 174 milhões de euros.
O Estado ainda pode recuperar parte deste desvio em Dezembro, já que muitos consumidores podem antecipar a compra de cigarros para evitar os aumentos de preço até 30 cêntimos por maço já anunciados para 2008.
No entanto, e tendo em conta que os valores cobrados até ao final de Novembro chegavam a 1101,6 milhões de euros, seria necessário que em Dezembro fossem cobrados cerca de 200 milhões só para chegar ao valor do ano anterior.
Outro factor que pesa nas receitas é a legislação aprovada para impedir que o mercado seja inundado nos últimos meses do ano com tabaco a preços de 2007, segundo avança o Público.
Este fenómeno permitia às distribuidoras ter, durante os primeiros meses do ano, stocks de produto a preços antigos, amortecendo assim o impacto dos aumentos. Esta prática também beneficiou a receita fiscal dos últimos meses em 2006, situação que não se está a repetir este ano.
Apesar desta tendência, as Finanças continuam a apostar num crescimento de 7,9% na receita do imposto para 2008 face à cobrança prevista para este ano, e que já de si é inferior à estimada um ano antes - de 1325 milhões de euros. Ou seja, mais cerca de cem milhões de euros, para 1,430 milhões de euros. Mas a conjugação de novo aumento do imposto, que fará subir os preços em 10%, com a entrada em vigor de legislação restritiva sobre o fumo em locais públicos, deverá baralhar novamente as contas das Finanças.

Em Évora pequeno abalo na madrugada passa despercebido!


Évora: Pequeno abalo na madrugada passa despercebido em Reguengos de Monsaraz

Reguengos de Monsaraz, Évora - Um elemento da GNR de Reguengos de Monsaraz disse hoje à Lusa que não foi recebida nenhuma chamada alertando para o pequeno sismo de grau 2,0 da escala de Richter ali registado pelo Instituto de Meteorologia.

"Nem nós sentimos aqui no posto nem ninguém nos telefonou", disse à Lusa um militar daquele destacamento territorial.

O Instituto de Meteorologia informou que "pelas 01:41, foi registado nas estações da Rede Sísmica do Continente, um sismo de magnitude 2,0 (Richter) e cujo epicentro se localizou a cerca de 12 km a sul-sudoeste de Reguengos de Monsaraz".

Também no Instituto "não foi recebida nenhuma informação confirmando que este sismo tenha sido sentido", refere a nota.

Paquistão em estado de choque!!


Paquistão em estado de choque...

A morte da principal líder da oposição paquistanesa e ex-primeira-ministra Benazir Bhutto desencadeou uma onda de violência no país. Autocarros e carros incendiados em Lahore, no Leste, gás lacrimogéneo em Peshawar, no Nordeste, estradas bloqueadas em Karachi, no Sul, mortos, pelo menos 14, em várias províncias.Benazir, de 54 anos, a mulher que gostava de andar no meio do povo, faleceu depois de ser atingida a tiro no pescoço, segundo fontes policiais, na altura em que se preparava para abandonar o local do comício, um parque, na cidade de Rawalpindi.

"Toda a minha família se sacrificou por esta causa", disse no seu discurso, pedindo aos paquistaneses que a ajudassem a acabar de vez com os terroristas. A líder do Partido Popular do Paquistão (PPP) ainda foi levada para o hospital e, em vão, submetida a uma intervenção cirúrgica.

Acabaria por morrer, vítima dos ferimentos, às 18.16 locais (13.16 em Lisboa).


O autor do disparo, um homem não identificado, fez-se explodir em seguida, tirando a vida a pelo menos mais 20 pessoas, deixando feridas outras 56. As informações sobre as circunstâncias em que Benazir foi assassinada são, contudo, contraditórias. O conselheiro de segurança da ex-primeira-ministra, Rehman Malik, começou por garantir que fora atingida a tiro, na cabeça e no pescoço, quando se assomou pelo tejadilho do carro para acenar aos seus apoiantes. Caiu e, a seguir, ouviu-se a explosão do terrorista suicida.

O seu marido, Asif Ali Zardari, disse a um canal de televisão paquistanês que fora abatida depois do atentado. Não antes. "A explosão esfarrapou as roupas que as pessoas tinham vestidas. Vi-as a cair, cobertas de sangue, tentei ajudar e levei os feridos às ambulâncias.

Mas foi algo horrível de ver", contou Mohammed Haider, uma testemunha que o jornalista da AFP, Nasir Jaffry, encontrou no hospital de Rawalpindi.Três dias de luto nacionalO actual Chefe do Estado paquistanês, Pervez Musharraf, a quem Benazir criticava abertamente, sem receios, tal como fazia com os islamitas, declarou três dias de luto nacional em memória da sua opositora.

Na intervenção televisiva que fez Musharraf apelou à paz no Paquistão. Não deixou, porém, claro, se as legislativas poderão ser adiadas ou se o estado de emergência que impôs entre 3 de Novembro e 15 de Dezembro poderá regressar ao país. Ao longo das oito semanas em que vigorou Benazir pediu, várias vezes, que Musharraf abandonasse o poder. O mesmo apelo foi ontem repetido pelo líder do segundo maior partido da oposição, Nawaz Sharif, que também viu quatro apoiantes seus serem mortos a tiro num comício realizado em... Rawalpindi.

Antigo primeiro-ministro paquistanês, Sharif anunciou que o seu partido, a Liga Muçulmana do Paquistão (PML-N), tenciona boicotar as eleições do dia 8 de Janeiro e prometeu continuar com a guerra de Benazir. Apelou ainda a uma greve geral para hoje - como protesto pelo seu assassínio.Aos 54 anos Benazir esperava voltar a ocupar a chefia do Governo paquistanês após as legislativas.

Há 19 anos foi a primeira mulher a assumir o cargo de primeira-ministra num país muçulmano. "Ela morreu como uma mártir", disse Malik, também um dos líderes do partido fundado pelo pai de Benazir em 1967. "Estou muito triste. É como se tivesse perdido a minha própria irmã", confessou, à AFP, Zubeir Bachir, porta-voz do PPP para o Médio Oriente, numa altura em que se dirigia de carro para a residência familiar de Benazir no Dubai, onde ela passou grande parte dos oito anos de exílio.

Voltou ao Paquistão a 18 de Outubro e nesse mesmo dia sobreviveu a um atentado que matou 140 pessoas em Karachi. O corpo de Benazir deixou ontem o hospital de Rawalpindi rumo à sua terra natal, Larkana, no Sul do país. A saída do caixão de madeira, com um vidro que deixava ver parte do rosto, foi bastante caótica, com centenas de pessoas a querem despedir-se.

Fontes do seu partido indicaram que as cerimónias fúnebres começarão hoje e que a líder do PPP será enterrada no mausoléu da família - onde se encontra também o pai. O marido de Benazir já chegou ao Paquistão, vindo do Dubai, para participar na última homenagem à mãe dos seus três filhos.

ÚLTIMA HORA: Forças paramilitares com ordem para disparar!
Carachi, Paquistão, (28 Dez.)
As forças paramilitares paquistanesas receberam hoje ordem para disparar livremente contra manifestantes que provoquem tumultos na sequência do assassínio de Benazir Bhutto, anunciaram fontes oficiais.

"Os Rangers (forças paramilitares de apoio à polícia) receberam ordem para disparar se se aperceberem de indivíduos em actividades que coloquem em perigo a segurança do Estado, atacando os edifícios públicos ou a propriedade privada", referiu o comandante daquele corpo, Athar Ali.

As forças especiais enviaram 16.000 homens para a província de Sind, destacando 10.000 deles para Carachi.

O Paquistão vive cenas de violência provocadas pelos adeptos em fúria de Benazir Bhutto, a líder da oposição assassinada quinta-feira após um comício eleitoral.

A violência provocou até agora dez mortos, multiplicando-se os ataques dos partidários de Bhutto a instalações oficiais e dos partidos pró-governamentais.

O assassínio de Benazir Bhutto ocorreu a duas semanas das eleições legislativas de 8 de Janeiro, cuja data, para já se mantém, de acordo com o primeiro-ministro interino.

quinta-feira, 27 de dezembro de 2007

Tabaco: uso de sistemas...


A Direcção-Geral de Saúde (DGS) precisou hoje que, apesar da inexistência de sistemas totalmente eficazes para eliminar o fumo de um local fechado, o uso de equipamentos é "legalmente admissível" para cumprir a nova Lei do Tabaco.

O novo quadro legal, que entrará em vigor a 01 de Janeiro próximo, estabelece a obrigatoriedade de existir uma separação física para impedir a circulação do ar e do fumo entre zonas de fumadores e não fumadores, "o que implica, necessariamente, a não comunicação directa entre as instalações onde se vai permitir fumar e as restantes" e, por isso, o uso de um material estanque.

Em alternativa, poderão ser usados equipamentos de ventilação para que o fumo não se espalhe às áreas contíguas.

Por incapacidade técnica de clarificar os requisitos técnicos de funcionamento desses sistemas, a DGS cita, em norma informativa, o parecer da Associação Portuguesa da Indústria de Refrigeração e Ar Condicionado (APIRAC).

"Não é do nosso conhecimento actual qualquer sistema de ventilação que garanta a não disseminação do fumo do tabaco; dado que a maior parte das partículas que o compõem se movimenta por difusão (movimentos aleatórios), fica a porta aberta a eventuais evoluções de sistemas, desde que devidamente certificados por laboratórios credenciados, mas para já a divisão física parece-nos ser a única metodologia correcta", lê-se no documento.

A lei não prevê especificações relativamente ao sistema de extracção de ar a usar em ambientes de fumadores, a não ser a exigência de que "proteja dos efeitos do fumo os trabalhadores e os clientes não fumadores", o que também não está definido, pelo que a DGS cita alguma legislação geral.

O Regulamento das Características de Comportamento Térmico dos Edifícios (RCCTE) define requisitos de qualidade do ar, designadamente para espaços onde seja permitido fumar e espaços de não fumadores.

Por exemplo, em espaços onde seja permitido fumar servidos por novas instalações de climatização sujeitas ao regulamento, os valores passam a, pelo menos, 60m3/(h.ocupante).
Como responsáveis pela medição de níveis de concentração de poluentes são indicadas as Agência Portuguesa para o Ambiente e Agência para a Energia, esta última no que diz respeito a peritos.

"No entanto, deve entender-se, num plano interpretativo e não vinculativo, que os locais que respeitem as concentrações máximas de referência de poluentes exigidos para a qualidade do ar interior, em especial naqueles onde se opta por permitir fumar, poderão ser considerados conformes com a Lei n.º37/2007", lê-se na nota informativa.

"Não obstante, deve salientar-se que, do ponto de vista da saúde, a melhor opção continua a ser a proibição total de fumar no interior de espaços fechados", refere ainda o documento

Oposição quer despedir trabalhadores da CM deFaro!


O presidente da CM de Faro está a tentar enganar os farenses – PSD FARO

Em causa o comunicado da CMF - ”Oposição quer despedir trabalhadores da Câmara Municipal de Faro”. - 27.12.07
Em comunicado, a Comissão Politica da Secção de Faro do PSD, protesta veementemente contra o comunicado emanado “Por Gabinete de Relações Públicas” da C. M. de Faro, em 27/12/2007 sob o título ”Oposição quer despedir trabalhadores da Câmara Municipal de Faro”.

Não pode o PSD/Faro aceitar o teor do comunicado, acima referido pois querem imputar-nos declarações que nunca fizemos. O Presidente da Câmara de Faro através do G. R. Públicas, está a tentar enganar os Farenses, pois o que devia vir referido nesse comunicado é que as declarações que imputa á oposição, foram proferidas pelo vereador independente José Vitorino.
Não é inocentemente que o presidente da Câmara, faz estas declarações, pois quando refere:” O caminho defendido pela Oposição, apesar de nada ter dito aquando do debate do Orçamento na Câmara e na Assembleia Municipal, é o …..”, está claramente a referir-se ao vereador independente José Vitorino, pois como ele bem sabe o vereador José Vitorino faltou à reunião de Câmara onde foi discutido e aprovado o Orçamento da C. M. de Faro e salientamos ainda que o referido vereador só se representa a ele próprio, logo não se pode fazer ouvir na Assembleia Municipal .Verifica-se assim que é com um objectivo de baixa politica que o Presidente de Câmara faz este comunicado o que obviamente demonstra o desnorteio que grassa na C. M. de Faro, e querem agora confundir os Farenses.
É do conhecimento público, que há cerca de dois anos que a Secção e Distrital do PSD/Faro retiraram a confiança politica ao independente José Vitorino, e todas as declarações que esse senhor profere são da sua inteira responsabilidade, e em nada comprometem o PSD/Faro.
O que o comunicado deveria referir, é a incapacidade que este executivo socialista tem em:
- Fazer planos, nomeadamente os Planos de Pormenor de Estoi, Sta. Bárbara, Sitio da Má Vontade, e o Plano de urbanização do Montenegro/Gambelas.
Em gerir urbanisticamente o Concelho de Faro, por ausência de Planos resolvendo as situações casuisticamente.- Em acabar obras, nomeadamente o Pavilhão Municipal e a Pista de Atletismo.
-
Em atrair investimentos estruturantes para Faro, na área do turismo, com a implantação de hotéis e campos de golfe, criando assim postos de trabalho em Faro.
-
Em criar condições para que o Mercado Municipal, o Teatro Municipal e o Parque das Cidades sejam autónomos, não necessitando de injecções de milhões de euros todos os anos do Orçamento da C. M. de Faro.
-
Em gerir o espaço público, permitindo todo o tipo de painéis publicitários, eventualmente muitos não licenciados, em detrimento da implantação de painéis informativos normalizados, de modo a que quem nos visita possa sem qualquer dificuldade deslocar-se a qualquer sitio que pretenda sem dificuldade.
-
Em exercer influência junto do poder central para que a 2ª Fase da Variante a Faro se faça com urgência necessária retirando assim as dezenas de milhar de carros que por dia atravessam a cidade de Faro.
Iremos continuar como até aqui, a não permitir que os Farenses sejam mais sacrificados com aumentos do IMI, derrama, taxas e licenças, votando contra esta tão conhecida maneira de fazer politica do PS, ou seja resolve as suas incapacidades com o aumento dos impostos, neste caso aos Farenses. Votámos contra estes aumentos e continuaremos a fazê-lo convictos de que a resolução dos problemas de Faro se fazem com os vereadores todos a trabalhar, e não como o PS faz com meios tempos que são na verdade tempo nenhum, com a conclusão urgente de Planos Urbanísticos que definam as regras com clareza, não deixando as decisões da gestão urbanística á interpretação que cada um quer dar, com a definição clara das obras prioritárias para Faro e com uma gestão rigorosa das despesas correntes.

Greve geral depois da morte (assassinio) de Benazir Bhuttto!

Novo líder da oposição apela a greve geral, pede o ex-primeiro-ministro e novo líder da oposição paquistanesa, Nawaz Sharif, apelou a uma greve nacional sexta-feira, algumas horas depois da morte, num atentado suicida, da ex-primeira-ministra Benazir Bhutto.

Sharif exortou o presidente Musharraf a demitir-se «imediatamente» para «salvar o Paquistão».

Na ocasião, Sharif anunciou que o seu partido vai boicotar as próximas eleições parlamentares.
«A realização de eleições livres e justas não é possível na presença do presidente Pervez Musharraf. Após a morte de Benazir Bhutto, anuncio que a Liga Muçulmana Paquistanesa vai boicotar as eleições», disse, referindo-se ao seu partido.

«Exijo que Musharraf se demita imediatamente», acrescentou em conferência de imprensa.
Shariff, de 57 anos, sempre foi um rival de Benazir Bhutto, tendo sido afastado da chefia do governo por um golpe de estado que levou Musharraf ao poder em 1999.

«Benazir Bhutto também era minha irmã, e estarei convosco para nos vingarmos da sua morte», disse, com os olhos cheios de lágrimas. «Não se sintam sós. Eu estou convosco. Vamos vingar-nos dos dirigentes».A morte de Bhutto transforma Sharif no mais importante líder da oposição do país

Morreu Benazir Bhutto!


Morreu Benazir Bhutto antiga primeira-ministra paquistanesa vítima de atentado suicida

Ex-primeira-ministra do Paquistão, Benazir Bhutto
, morreu hoje na sequência dos ferimentos que sofreu num atentado suicida na cidade de Rawalpindi. A líder da oposição paquistanesa foi ainda hospitalizada em estado grave mas acabou por não resistir aos ferimentos. O ataque suicida ocorreu numa encontro político de apoio a Benazir Buttho e fez pelo menos 20 mortos.

De acordo com a estação de televisão britânica Sky News, Benazir Bhutto foi baleada no peito e no pescoço já depois da explosão, no momento em que fugia do local do atentado e se dirigia para a sua viatura. O porta-voz do Ministério do Interior paquistanês, Javed Cheema, confirmou a morte de Benazir Bhutto e tinha anteriormente dado a indicação de que a explosão registada no comício de apoio à ex-primeira-ministra tinha sido provocada por bombista suicida. O ataque acontece a duas semanas da realização das eleições legislativas e teve como alvo a ex-primeira-ministra paquistanesa e candidata ao escrutínio. Benazir Bhutto era considerada uma das principais líderes da oposição ao presidente Pervez Musharraf.
Há apenas dois meses e precisamente quando regressou ao seu país após quase nove anos de exílio, a comitiva onde seguia sofreu um violento atentado que causou mais de uma centena de mortos.

Nascida em 1953 na província de Sindh, no seio de uma família abastada, Benazir é educada em Harvard e em Oxford, no Reino Unido, onde estuda Ciências Políticas e Filosofia. Inicialmente relutante em iniciar-se na política, ganha credibilidade com o apelido Bhutto. A família Bhutto é uma das dinastias políticas mais conhecidas do Mundo, tal quanto a Nehru-Gandhi, na Índia. Em 1973, o país é convertido em República Federal e Zulfikar Alí Bhutto, pai de Benazir, é nomeado primeiro-ministro – o primeiro do país. É um dos poucos líderes que, desde a independência em 1947, gere os destinos da nação sem o cunho do poder militar. É, porém, destituído quatro anos depois pelo general Mohammad Zía ul-Haq, que islamiza o país e impõe fortes medias repressoras. Em 1979, Zulfikar Alí Bhutto é executado. Toda a família é detida. Benazir passa os cinco anos seguintes numa cela solitária, no deserto.
A mais velha de quatro irmãos, Benazir reunira em si as expectativas paternas de seguir uma carreira política. Ainda detida, em 1984 uma infecção no ouvido vale-lhe a autorização para deslocar-se a Londres. Aí se exila e inicia a luta anti-general Zía até 86, quando regressa ao Paquistão. O país recebe-a de “braços abertos”, aclamando-a e tornando-a no símbolo da luta “anti-Zía”. Desde então, Benazir vive fora do país, exilada no Dubai, sempre com a sombra das acusações de corrupção e lavagem de dinheiro. Sharif volta ao poder com a vitória eleitoral da Liga Muçulmana do Paquistão. É derrocado com um golpe de Estado pelo chefe do Exército, o general Pervez Musharraf, que se autoproclama Presidente em 2001.
No ano seguinte, um referendo – qualificado de farsa pela oposição – legitima-o no cargo. Exilada, Benazir visita regularmente as capitais ocidentais, para encontros com governantes e conferências em universidades. A 18 de Outubro, chega a Carachi com promessas de devolver ao país a democracia, apostada num acordo de partilha de poder com o Presidente. Muitos falam, porém, numa trama para ganhar imunidade nos tribunais, em troca de apoio político a Musharraf.


Benazir Bhutto (1953-)primeira mulher a ocupar um cargo de chefe de estado de um estado muçulmano moderno, como primeira-ministra do Paquistão. Benazir Bhutto estudou nos Estados Unidos e ingressou na Universidade de Oxford, na Inglaterra. Filha do primeiro-ministro Zulfikar Ali Bhuto (1971-1977), ela voltou ao Paquistão em 1977, quando o general Muhammad Zia Ul-Haq aplicou um golpe de estado e depôs seu pai, executado em 1979. Bhutto assumiu, ao lado da mãe, a liderança do Partido Popular do Paquistão.

Benazir Bhutto foi presa e, depois de libertada em 1984, foi para o exílio na Grã-Bretanha, onde permaneceu até o fim da lei marcial no Paquistão e a legalização dos partidos políticos, ocorridos dois anos mais tarde.

Em 1988, Zia foi morto em um acidente de avião, depois de anunciar a realização de eleições. No mesmo ano, como primeira-ministra do Paquistão, Bhutto tornou-se a primeira mulher a ocupar o cargo em um estado muçulmano. Mas, em 1990, o presidente Ghulam Ishaq Khan a demitiu, sob a acusação de incompetência e corrupção. Seu partido foi derrotado nas eleições e Bhutto passou a fazer oposição no parlamento. Em 1993, Bhutto foi novamente eleita primeira-ministra.

Novo aeroporto de Lisboa!


Novo Aeroporto

Decisão derrapou para novo ano, depois de se ter tornado tema político incontornável em 2007
A decisão sobre a localização do novo aeroporto de Lisboa deverá ser tomada, finalmente, em 2008, depois de um ano em que o tema se tornou politicamente incontornável e o Governo foi obrigado a recuar, pela chamada sociedade civil.

A escolha da Ota para a localização do novo aeroporto internacional de Lisboa foi confirmada em conselho de ministros a 22 de Julho de 1999, mas o relançamento do projecto, orçado em 3.100 milhões de euros, foi feito pelo actual Governo, que fixou 2017 como prazo para a entrada em funcionamento da nova infra-estrutura.No entanto, em Março deste ano, quando a construção do novo aeroporto na Ota já era tida como certa, a polémica em torno da localização instalou-se, com os partidos da direita a questionar se a Ota seria a melhor solução técnica e económica e a esquerda preocupada com o financiamento.
O abate de cerca de 5.000 sobreiros, a movimentação de 50 milhões de metros cúbicos de terra, o desvio da Ribeira do Alvarinho e a necessidade de expropriar 1.270 hectares, foram algumas falhas apontadas à Ota.Confrontado com estas críticas, o ministro das Obras Públicas, Mário Lino, manteve-se firme em defesa da construção do novo aeroporto na Ota, afirmando tratar-se de uma «opção viável», de «um projecto sustentável tecnicamente».
«Não tenho nenhuma obsessão senão resolver um problema», afirmou o ministro das Obras Públicas, em resposta às críticas da oposição, que o acusavam de ter uma «obsessão» pela localização do novo aeroporto na Ota.
A polémica em torno da localização subiu de tom quando, em Maio, durante um almoço promovido pela Ordem dos Economistas, Mário Lino afirmou que a margem Sul do Tejo era «um deserto».«O que eu acho que é faraónico é construir um aeroporto na margem Sul, onde não há gente, não há escolas, não há hospitais, não há indústria, não há comércio, não há hotéis», afirmou Mário Lino, acrescentando que todos os especialistas que ouviu sobre esta localização lhe disseram «na margem Sul 'jamais'».

O governante esclareceu depois que comparou a um «deserto" Poceirão, Rio Frio e Faias, localizações alternativas para a localização do novo aeroporto, e não a região da Margem Sul do Tejo, e que as suas palavras sobre a construção da nova infra-estrutura foram mal interpretadas, alegando que nunca tinha dito "na margem Sul 'jamais'».
Em Maio, é a vez do Presidente da República intervir, solicitando a realização de um debate aprofundado sobre o novo aeroporto de Lisboa.O debate realizou-se a 11 de Junho, no dia em que Cavaco Silva recebeu das mãos do presidente da Confederação da Indústria Portuguesa (CIP) um estudo patrocinado por aquela confederação patronal que apontava Alcochete como alternativa à Ota para a construção do novo aeroporto.
Durante a sua intervenção no debate na Assembleia da República, Mário Lino anunciou que o Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) iria fazer um estudo comparativo entre a Ota e Alcochete, com o objectivo de saber qual o local mais adequado para construir o futuro aeroporto.
O documento teria de estar concluído no dia 12 de Dezembro.De acordo com o documento da CIP, esta hipótese de localização, que já tinha sido analisada em 1972 no primeiro estudo do Gabinete do Novo Aeroporto de Lisboa, que apontou Rio Frio como a melhor solução, permitiria uma poupança de 3.000 milhões de euros face ao projecto programado para a Ota.
Depois da divulgação do estudo da CIP, o presidente daquela confederação acusou o ministro das Obras Públicas de ter accionado uma «campanha desesperada» para destruir o estudo patrocinado por aquela confederação patronal.Van Zeller referia-se assim à «publicação programada» para três dias seguidos e em três jornais diferentes de notícias «dando conta de alegados erros» no capítulo das acessibilidades do estudo da CIP, com base num estudo da RAVE, empresa responsável pelo projecto português de alta velocidade.
Por sua vez, o administrador da RAVE, Carlos Fernandes, explicou que o estudo da CIP sobre o novo aeroporto de Lisboa, além de não contabilizar 1.700 milhões de euros, apresentava «incorrecções na caracterização técnica e financeira da ponte Chelas/Barreiro». Surge então o estudo patrocinado pela Associação Comercial do Porto (ACP), que defende a solução Portela + 1, apontando o Montijo como melhor localização para o aeroporto complementar à Portela, mas admitindo também como uma boa solução a opção por Alcochete.
De acordo com os cálculos efectuados pelos técnicos do Centro de Estudos de Gestão e Economia Aplicada da Universidade Católica, esta opção permitiria uma poupança de dois mil milhões de euros relativamente ao projecto de construção do novo aeroporto na Ota.Contudo, no dia 5 de Dezembro, a sete dias da data prevista para a apresentação do estudo, o LNEC adiou para a segunda semana de Janeiro a entrega do estudo comparativo sobre o Novo Aeroporto de Lisboa.
No comunicado que anuncia o adiamento, o LNEC explica o alargamento do prazo com «a necessidade de compatibilização, harmonização e consolidação dos vários estudos parcelares que, sob a coordenação do LNEC, têm estado a ser realizados pelas equipas de especialistas nacionais e estrangeiros».
A decisão final sobre a localização deverá agora ser conhecida no início do próximo ano.

fotosores


"Bailado fantástico"

Sinistralidade: 15 mortos nos seis dias da "Operação Natal"

Sinistralidade: 15 mortos nos seis dias da "Operação Natal", menos sete do que em 2006 – BT

Quinze pessoas morreram este ano nos seis dias da "Operação Natal", menos sete pessoas do que no mesmo período do ano anterior, segundo o balanço da Brigada de Trânsito da GNR, feito hoje.

De acordo com os dados apresentados pela Brigada de Trânsito, hoje em Lisboa, entre os dias 21 e 26 de Dezembro ocorreram 1.405 acidentes, dos quais resultaram 15 mortos, 43 feridos graves e 462 feridos ligeiros.
Em comparação com igual período do mesmo ano, ocorreram menos 357 acidentes, menos sete mortos, menos nove feridos graves e menos 34 feridos ligeiros.

O excesso de velocidade e álcool foram as infracções cometidas mais comuns, nomeadamente nos distritos de Porto, Aveiro e Lisboa, segundo a Brigada de Trânsito.
A operação Ano Novo começa às 00:00 de sexta-feira e prolonga-se até às 24:00 de quarta-feira.

Lotaria: Galega denuncia roubo de um décimo de El Gordo premiado com 300 mil euros


Galega denuncia roubo de um décimo de El Gordo premiado com 300 mil euros!
Uma empregada do Bar Arco Íris de Carballo, na cidade galega da Corunha, apresentou junto da Guardia Civil o roubo do seu décimo da lotaria de Natal (El Gordo), premiado, no Sábado passado, com 300 mil euros, informou fonte policial.

Segundo Sara Fernández, o número premiado 06381 foi repartido, através de 70 décimos, no bar onde trabalha. Ela adquiriu um décimo.
Depois do sorteio, por volta do meio-dia, do passado sábado, Sara dirigiu-se ao bar para se certificar que o número que tinha jogado resultou agraciado pelo "Gordo".
Sara tinha guardado o décimo na caixa das gorjetas.

Quando chegou ao bar havia muita gente celebrando com champanhe. "Era como uma barra livre, onde toda cada um preparava as suas bebidas", disse a empregada afortunada.

Depois de brindar com os amigos e clientes e ter explicado aos jornalistas presentes que ia gastar o dinheiro na compra de um apartamento e um carro, decidiu ir buscar o seu décimo.
Apercebeu-se que a caixa das gorjetas não se encontrava detrás do balcão, como de costume. Quando a encontrou comprovou que o décimo e 30 ou 40 euros tinham desaparecido.
Sara disse ter esperado até segunda-feira para apresentar a respectiva denúncia, esperando que "alguém o tivesse guardado noutro sítio". Infelizmente não foi assim, e até o dia de hoje Sara não voltou a ver o décimo afortunado.

Aos jornalistas disse que não pode "desconfiar" de ninguém, tendo em conta a quantidade de pessoas que havia no bar. "Há pessoas que continuam como antes e outras que tentam evitar encontrar-se comigo", explicou.

Neste momento, e depois de analisar alguns comportamentos, Sara Fernández disse, esta noite, à cadeia de televisão Antena 3 que suspeita do seu chefe.
A empregada de mesa assegura que apesar "deste desgosto" confia em que a polícia encontre o suspeito.

Afirma nao estar deprimida, embora "um pouco decepcionada". Mas, "saber que tiveste nas tuas mãos algo que te podia mudar a vida é triste", lamentou.
Por seu lado, o proprietário do bar , José Román, mostrou-se surpreendido com a suspeita lançada contra a sua pessoa.

Esclareceu que não tem nada que ver com o desaparecimento do décimo que vale 300 mil euros. Aliás, disse desconhecer que o bilhete da lotaria estivesse escondido dentro da caixa das gorjetas.

O décimo que adquiriu está guardado numa caixa forte de uma entidade bancária, adiantou.

Roubos de caixas multibanco subiram quase um terço!


Roubos de caixas multibanco subiram quase um terço...

Os furtos e roubos de caixas multibanco, entre acções concretizadas e tentativas, aumentaram este ano cerca de 33%, face a 2006, segundo os últimos dados do Gabinete Coordenador de Segurança a que o JN teve acesso. O salto constitui o maior número de crimes desde que as caixas ATM começaram a ser utilizadas no nosso país, e nem a aplicação do novo sistema de destruição de dinheiro parece demover os assaltantes.Em Novembro, os dados das autoridades já davam conta de uma preocupante subida - na ordem dos 14,6% -, mas os últimos números, registados a 12 de Dezembro, faziam os valores saltar para 32,9%.A agravar o problema há a suspeita de que os assaltantes andem armados, se bem que este ano não tenha ainda havido qualquer incidente grave. Com efeito, já tem havido situações em que ameaçam directamente testemunhas, em particular seguranças de hipermercados, um dos principais alvos dos indivíduos. Ninguém esquece que a morte, no ano passado, do chefe Martins, da PSP, em Lagos, foi autoria de um grupo de ladrões de multibanco.Quebra-cabeçasO fenómeno está a constituir um verdadeiro quebra-cabeças para as autoridades policiais, uma vez que os furtos e roubos estão a verificar-se um pouco por todo o país, em particular no litoral. A ideia formada pelas polícias, no entanto, é a de que a zona entre Caldas da Rainha e Torres Vedras - com incursões até Abrantes, já no Interior - é a mais atingida.Parte das investigações está a ser está concentrada na Polícia Judiciária, mas um dos maiores problemas está na identificação do número de gangues que está na realidade a operar e qual a sua verdadeira origem.Das poucas certezas é que a maioria dos casos está a ser protagonizada por grupos de jovens oriundos dos grandes centros urbanos. Embora haja suspeitas sobre determinados indivíduos, as autoridades ainda não conseguiram provas que possam levar às detenções."Os casos estão a verificar-se mais junto a áreas mais isoladas e com ligações às grandes vias", apontou ao JN o secretário-geral do Gabinete Coordenador de Segurança, general Leonel Carvalho.Para o responsável pela coordenação policial, os assaltantes têm "revelado uma grande mobilidade", o que torna ainda mais difícil a captura e a anulação dos grupos.Medidas sem efeitoOs incidentes não se têm verificado, no entanto, de forma uniformizada. O acréscimo do número de crimes teve uma maior incidência no segundo semestre do ano e as eventuais medidas preventivas não têm dado grandes resultados.Este ano já se registaram 82 casos, face aos 55 ocorridos em 2006, mas a grande maioria - 66 situações - tem ocorrido na área da GNR, cuja competência territorial confina com as grandes vias e com locais situados nas zonas limite das centros populacionais.No entanto, incrementar o patrulhamento pouco poderá resolver, aponta uma fonte da GNR "Em todo o país há milhares e milhares de máquinas multibanco. Como é que poderemos prever onde vão ocorrer os furtos?".Mesmo assim, em Novembro, na área de Setúbal, a GNR conseguiu surpreender os assaltantes. Seguiu-se a perseguição, mas os ladrões rapidamente deixaram para trás os militares.E esta é outra dificuldade, uma vez que os grupos conduzem normalmente carros de grande cilindrada, das marcas Audi ou BMW, furtados ou roubados, com as forças policiais de patrulhamento comum a não poderem opor algo sequer similar.Uma vez que os ATM alvo estão normalmente localizados em zonas mais desabitadas, dificilmente as autoridades conseguem testemunhos suficientes que lhes permitam recolher alguma informação substancial.O ano passado era comum a utilização de máquinas de construção civil para arrancar as caixas multibanco das paredes, mas este ano as condutas foram alteradas, com a opção dos assaltantes a passar mais pelas caixas móveis. "São mais fáceis de movimentar e não é preciso tanta logística", apontou ao JN uma fonte policial. "Agora limitam-se a duas viaturas de grande potência, uma delas para transportar a caixa multibanco".As carrinhas são dos veículos mais desejados pelos assaltantes, mas já têm recorrido também a monovolumes, por serem normalmente rápidos e com capacidade de transporte.Destruição do dinheiro ainda não deu grandes resultadosAo incremento da instalação de equipamentos para destruição de dinheiro nas caixas multibanco parece contrapor-se ao aumento do número de assaltos. Os novos equipamentos começaram a ser montados em Fevereiro deste ano, numa iniciativa do Millenium BCP, e há informações de que o Montepio e o BPI começaram também a instalá-los. O sistema liberta tinta vermelha para cima do dinheiro sempre que a caixa ATM for sujeita a uma pressão diferente da prevista, o inutiliza o dinheiro roubado. O número de sistemas instalados permanece sob segurança, mas as caixas multibanco munidas destes equipamentos têm colocado uma espécie de aviso, para desmotivar os assaltantes. Nem todos os bancos adoptaram o sistema, aparentemente por razões financeiras, uma vez que o custo ronda os cinco mil euros. E, por outro lado, o carácter aparentemente dissuasor deste sistema ainda está por provar.

quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

Janeiro: Orquestra do Algarve


ORQUESTRA do ALGARVE
PROGRAMA – Janeiro de 2008

1 Janeiro / January 1st
Loulé
Cine-Teatro Louletano
17h00/5h00pm
Concerto de Ano Novo / New Year’s Concert


1ª Parte / Part 1
Franz von Suppé (1819-1895)
Poeta e Camponês (Abertura/Overture)

W. A. Mozart (1756-1791)
“Vedrai, carino” (Don Giovanni)

“Batti, Batti, o bel Masetto” (Don Giovanni)

“El mio tesoro” (Don Giovanni)

“Frisch zum Kampfe!” (O Rapto do Serralho)

Otto Nicolai (1810-1849)
As Alegres Comadres de Windsor (Abertura/Overtur)

2ª Parte / Part 2
Gioacchino Rossini (1792-1868)
La Scala di Seta (Abertura/Overture)

“Di piacer mi balza il cor” (La gazza ladra)

Gaetano Donizetti (1797-1848)
“Una furtiva lagrima” (L’ Elisir d’amore)

Reveriano Soutullo (1884-1932)
La leyenda del Beso

Tomás Bretón (1850-1923)
La Verbena de La Paloma

Jerónimo Giménez (1854-1923)
La Boda de Luis Alonso


Maestro/Conductor: Vasily Petrenko
Solistas/Soloists:
Ana Quintas (Soprano)
Mário Alves (Tenor)

1 Janeiro / January 1st
Olhão
Igreja Matriz
21h30/9h30pm
Concerto de Ano Novo / New Year’s Concert
Integrado no Programa Oficial “Olhão 200 anos 1808-2008“ / Integrated on the Official Program “Olhão 200 years 1808-2008“

1ª Parte/Part 1
Arcangelo Corelli (1653-1713)
Concerto grosso, Op. 6 Nº 8 em Sol menor / Concerto grosso, Op. 6 No. 8 in G minor

I. Vivace
II. Grave
III. Adagio
IV. Allegro Vivace
V. Allegro
VI. Pastorale

J.S. Bach (1685-1750)
Grosser Herr und starker König

Adolphe Adam (1803-1856)
Noite Feliz

Francesco Manfredini (1684-1762)
Concerto grosso, Op. 3 Nº 12 em Dó Maior / Concerto grosso, Op. 3 No. 12 in C Major

I. Pastorale
II. Largo Allegro

Anónimo
Adeste Fidelis

2ª Parte / Part 2
Franz Gruber (1787-1863)
Stille Nacht, Heilige Nacht

G.F. Haendel (1685-1759)
The trumpet Shall Sound

Why do the nations

Joy to the World

Charles Gounod (1818-1893)
Ave Maria

Giuseppe Torelli (1658-1709)
Concerto grosso para dois violinos, Op. 8 Nº 6 em Sol menor / Concerto grosso for two violins, Op. 8 No. 6 in G minor


I. Grave
II. Vivace
III. Largo
IV. Vivace

Maestro/ Conductor Cesário Costa
Solista /Soloist Rui Baeta (Barítono/Baritone)

Popular encontra engenhos explosivos junto ao Rio Tejo!

Abrantes:Popular encontra engenhos explosivos junto ao rio Tejo

A Brigada de Minas e Armadilhas de Leiria desactivou hoje três peças de artilharia descobertas por um popular junto ao rio Tejo, no Porto da Barca, Tramagal.

Jorge Pereira, enfermeiro-militar, 46 anos, fazia o seu habitual passeio matinal junto ao rio quando deparou com alguns objectos explosivos semi enterrados nas areias do Tejo.
"O rio estava anormalmente baixo e deparei-me com dois objectos que reconheci de imediato porque lido com eles devido à minha condição de militar", disse à Agência Lusa.
"Fiquei preocupado porque, apesar de não lhes ter tocado, pareceram-me munições de carro de combate, de canhão sem recuo ou peças de artilharia. Objectos explosivos com óbvios perigos de manuseamento e como há muitos pescadores por aqui mas também famílias inteiras a passear decidi contactar a GNR local", acrescentou.
Depois de chegarem ao local, as forças de segurança criaram de imediato um perímetro de segurança no local e chamaram a Brigada de Minas e Armadilhas para desactivar os engenhos, que se viriam a revelar inofensivos.
Fonte da Brigada disse à Lusa que "foram recolhidas da margem do rio três peças de artilharia, cada uma com um peso a rondar os 8,9 quilos, mas não ofereciam perigo".
A mesma fonte disse que esta é "pelo menos a terceira vez" que são chamados ao mesmo local e que "numa delas foi encontrado um engenho" que fizeram explodir no local.
João Escarola, pescador, conhece as margens do Tejo há mais de 60 anos e, segundo disse à Lusa, muitos mais engenhos do género estarão espalhados pelas margens.
"Uma antiga fundição que existia em Tramagal livrou-se dos explosivos atirando-os para o rio depois de um uma grande acidente em que morreram várias pessoas", contou o pescador, garantindo que "nas margens do rio, quando está baixo, é só procurar porque são às dezenas por aí espalhados".
Fonte da Brigada de Minas e Armadilhas disse à Lusa que o procedimento do cidadão Jorge Pereira "foi exemplar".
"Quem encontrar este tipo de objectos deve fazer o mesmo, ou seja, não tocar nos objectos, sinalizá-los e chamar imediatamente as forças de segurança".
"Até prova em contrário este tipo de engenhos é potencialmente perigoso para quem lhes queira mexer", disse a mesma fonte.

Algarve: Mendes Bota quer esclarecimentos sobre novo traçado de linha eléctrica


Algarve: Mendes Bota quer esclarecimentos sobre novo traçado de linha eléctrica

O deputado Mendes Bota pediu hoje ao Governo esclarecimentos acerca do novo traçado da linha que vai reforçar o abastecimento eléctrico ao Barlavento algarvio, alegando que nada garante que as afirmações do ministro da Economia tenham "validade".

Falando aos jornalistas após uma reunião com a Rede Eléctrica Nacional (REN), no início do mês, Manuel Pinho anunciou que iria haver um traçado alternativo para a linha de muito alta tensão entre Tunes a Portimão, o que levou à suspensão das obras em Vale Fuzeiros, Silves.
Apesar do ministro ter afirmado que a alternativa ia de encontro aos desejos da autarquia local, a presidente da Câmara de Silves negou a existência de um acordo sobre um alegado novo traçado e mostrou-se surpreendida quando ouviu que havia sido apresentada uma solução de consenso.
Em comunicado, o deputado social-democrata mostrou-se preocupado com a situação, por considerar que nada assegura aos moradores que as garantias dadas pelo Governo "venham a ser cumpridas", já que segundo a REN a alternativa pretendida colide com a Rede Natura 2000.
Neste sentido, Mendes Bota questiona no requerimento que enviou hoje à Assembleia da República (AR), se já foi encomendado o Estudo de Impacto Ambiental (EIA) necessário e se já foi dado a conhecer o traçado alternativo à Câmara Municipal de Silves e qual é a sua posição.
O deputado termina questionando qual a data previsível para uma decisão final que "ponha termo a este conflito" e se a REN pretende começar a orientar os seus investimentos nas linhas de alta e muito alta tensão para os cabos subterrâneos.

Japão e OVNis!!

Japão:
Ministro da Defesa prepara tropas para reagir a OVNIS!

O ministro da Defesa japonês afirmou hoje que a existência de OVNIS é plausível e que as tropas do país devem estar preparadas para reagir caso apareçam discos voadores. Há dois dias o número dois do Governo já havia defendido a mesma ideia…
E esta hein!!

Força Tiago!

DE LISBOA A DAKAR...

SEAT apoia Tiago Monteiro em iniciativa inédita!

A SEAT volta a surpreender; desta vez, numa iniciativa inédita, vai apoiar o Tiago Monteiro em mais uma experiência de condução. Assim, vai lançar uma grandiosa campanha, através da Internet, que tem como objectivo apoiar o piloto SEAT a chegar a Dakar.

Como foi comunicado recentemente, Tiago Monteiro vai participar pela primeira vez na prova de TT mais exigente do mundo, o Lisboa-Dakar.

A paixão por novas aventuras, a vontade de testar continuamente os seus próprios limites, e a descoberta de emoções ainda por experimentar são características que Tiago Monteiro sempre evidenciou.

Como aconteceu em todas as categorias onde competiu, também no Lisboa-Dakar o piloto deverá deixar vincado o seu espírito ousado, a sua versatilidade e condução multifacetada, não restando dúvidas que terá pela frente um dos maiores desafios da sua carreira.

Como ganhar um SEAT Altea freetrack

Para celebrarmos esta iniciativa, promovemos um passatempo único em que os participantes terão a oportunidade de ganhar um SEAT Altea freetrack.

Os pormenores desta iniciativa inédita estão disponíveis em www.seat.pt e no site da Rádio Comercial, parceira da SEAT na acção a que chamámos “Todos com o Tiago”.

Força Tiago!

Operações 'stop' da PSP em 2007 - renderam mais de três milhões de euros!


Operações 'stop' da PSP renderam mais de três milhões de euros em 2007

O balanço é ainda provisório, mas já há números chorudos: 3,2 milhões de euros em infracções ao Código da Estrada, mais de oito mil por excesso de velocidade, 700 detenções e quase duas mil viaturas apreendidas. Tudo isto só em Lisboa e resultante de quase 700 operações stop realizadas pela Divisão de Trânsito (DT) da PSP, desde Janeiro até à semana passada.

Ao todo, e segundo as estatísticas oficiais, foram controladas 487.306 viaturas por radar e 25.198 nas acções de fiscalização. O excesso de velocidade resultou em 4920 infracções graves e em 3468 muito graves. Quanto a detenções, registaram-se 452 por condução ilegal, 242 por álcool e 43 por outros motivos. Mas há mais: 8477 viaturas bloqueadas, 7742 rebocadas e 1922 apreendidas. A verba facturada será agora repartida pelo Estado (40%), entidade fiscalizadora (30%), Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (20%) e governos civis (10%).
No entanto, e de acordo com o comandante operacional da DT, subcomissário João Pinheiro, 2007 não deverá atingir os valores de 2006, "um dos anos em que a actividade policial detectou maior número de infracções", as quais resultaram em quase quatro milhões de euros. Em 2005, as autoridades registaram menos infracções. A explicação parece estar no facto de ter entrado em vigor o novo Código da Estrada e os condutores terem optado por alguma cautela na estrada.
Em relação a 2006, o montante proveniente das infracções foi assustador, mas, segundo as autoridades, tal não significa apenas que os condutores portugueses infringiram em muito as regras da estrada. Aliás, segundo o oficial da PSP, a condução tem melhorado, mas a polícia também. Por isso, esta realidade é sobretudo reflexo de uma actividade operacional. "Desde 2006 que temos vindo a apostar em acções de grande dimensão, que resultem em maior visibilidade. Se um condutor percebe que há patrulhas na rua, terá sempre mais cuidado com a condução", explicou.
O objectivo tem sido: mais operações, vigilância e fiscalização. E irá manter-se em 2008 com algumas novidades. Ao que apurámos, uma delas será o reforço da vigilância à tarde. É o período em que ocorre maior número de acidentes e em que os níveis de alcoolemia atingem valores superiores aos detectados nas fiscalizações à noite. "Há condutores com taxas de alcoolemia de 2 g/l no sangue", argumentou o subcomissário Pinheiro. Por exemplo, na sexta-feira, durante a última operação antes do Natal, foi detido um homem de 41 anos que, às 16.00, já registava 2,09 g/l.
Os dados recolhidos pela polícia provam que a faixa etária entre os 40 e os 55 anos é a que regista índices mais elevados de álcool no sangue após o almoço. "Não só porque bebe mais, mas também porque já aguenta menos o efeito desta substância que as camadas jovens", explicaram-nos.
Mas o reforço da vigilância durante a tarde foi ainda justificado pelo oficial da DT com o facto de, "neste período, as operações visarem um público alvo mais abrangente e poderem ocorrer durante todos os dias da semana, enquanto à noite as acções são direccionadas, maioritariamente, para as áreas de diversão nocturna, fins--de-semana e camadas etárias jovens".
A PSP vai estar na rua. Cada operação envolve mais de 50 elementos, dez carros-patrulha e quase tantas motos. A meta é diminuir a sinistralidade dentro da capital.

...pobre Pai Natal!! he eh!


Allo pessoal!
Cá estamos de volta ao algarvepressNEWS, depois de mais um Natal.

Espero que tenham passado um Bom dia Natalício (não tenham ficado assim… como o nosso velho amigo Pai Natal!), coitado depois de tanto trabalho uns copitos e uns charutinhos arrumaram-no! Coisas da profissão!

Um abraço do Osores para todos. Alegrem-se que ainda há mais festa – o Ano Novo!!

domingo, 23 de dezembro de 2007

Inté depois do Natal!!

Xau pessoal.
Inté depois do NATAL!
Que tenham 1 magnifico NATAL! repleto de prendas!
deseja o:
algarvepressNEWS!

algarvepressNEWS - comunicação











Comunicação: algarvepressNEWS

Caros “astronautas” deste blog, a partir de hoje dia 23 de Dezembro, este blog vai estar “off” em noticias… melhor dizendo, vamos estar em férias de Natal! Como é lógico, de verdade!?

Embora fora da base poderei (sem compromisso) dar algumas novidades para o blog, mas isso será em mini-processo…

Para já, quero agradecer reconhecidamente a todos ( e são muitos desde o inicio do blog, desde Outubro) que nos têm procurado – BEM HAJAM – e aquele FELIZ NATAL.

Cá estaremos de volta após o NATAL!

Obrigado e continuem sempre!

Uma História de Natal!


História de Natal

Era uma vez um homem perfeito que conheceu uma mulher perfeita. Namoraram e
um dia casaram-se. Formavam um casal perfeito.
Numa noite de Natal, ia o casal perfeito, por uma estrada deserta, quando
viram alguém na berma pedindo ajuda. Como eram pessoas perfeitas, pararam
para ajudar.
Essa pessoa era nada mais, nada menos do que o Pai Natal, cujo trenó havia
avariado. Não querendo deixar milhões de crianças decepcionadas, o casal
perfeito ofereceu-se para o ajudar a distribuir os presentes.
O bom velhinho entrou no carro e lá foram eles.
Infelizmente o carro envolveu-se num acidente e somente um dos três
ocupantes sobreviveu…
Pergunta:
Quem foi o sobrevivente do trágico acidente?
A mulher perfeita, o homem perfeito ou o Pai Natal?
* (leia mais abaixo)

Resposta:
A mulher perfeita sobreviveu. Na verdade, ela era a única personagem real
dessa história. Todos sabemos que o Pai Natal e o homem perfeito não
existem.

(Florbela –Espanca)